Uma loja de lingerie abandonada e um estúdio de tatuagem moderno. Apesar de diferentes em suas essências, o que separa os dois estabelecimentos é apenas uma reforma – mas uma reforma intensa, dessas de transformar os ambientes até deixá-los irreconhecíveis!

Quem comandou o conceito do projeto de renovação do Black Ball Crew Tattoo foi a diretora de arte Carrô Schamall, que repensou o espaço como um cenário de filme e com ecos da estética steampunk. Como seu apartamento, repleto de achados exóticos, o ambientes tem personalidade forte.

Do passado, só permaneceram o pé direito altíssimo e as paredes de tijolos – a mais ao fundo ganhou cobertura preta. Entre os principais aspectos que definem o projeto está a escolha da cor: a paleta cinza, preta e marrom ganha detalhes em cobre, criando um clima vintage no espaço. “Queria um look bem moderno e sofisticado”, diz Carrô.

O estabelecimento, localizado na Rua Bela Cintra, possui 160 m² e virou realidade nas mãos da arquiteta Monica Cassoli e do cenotécnico Ivan Marques, da DDF Produções, que trabalhou na marcenaria das mesinhas. O biombo vazado de cobre foi desenhado por Schamall e tornarou-se um de seus itens preferidos! O neon na fachada é assinado pela Neon Três Estações.

Fabio Pimentel, proprietário do estúdio e namorado de Carrô, fez pedidos especiais para o ambiente: um jardim agradável, bar com café, conforto para a equipe de 8 tatuadores e, claro, superfícies de fácil limpeza, tendo como referência a importância da assepsia em um ambiente profissional.

Assim como cada tatuagem é única, grande parte dos móveis foram desenhados especialmente para o estúdio. Essas peças valorizam a versatilidade: mesas de apoio com rodízios transformam-se em mesas de luz, especiais para desenho. Os sofás comportam materias em sua parte interna e, a parede do balcão da recepção é, na verdade, um grande armário secreto!

Espelhos e acessórios vintage, garimpados em antiquários, dão o contraponto essencial do ambiente. Carrô conta que foi um desafio encontrar as banquetas para o bar na cor cobre metalizado. Ela ia mandar fazer peças especial, mas o tempo apertou para entrega da obra e ela resolveu garimpar até encontrar. E não é que deu certo? Impossível resistir a um café, um drinque ou… uma tatuagem!

Fonte: Casa Vogue
Link: http://casavogue.globo.com/Interiores/Ambientes/noticia/2016/09/tatuagem-com-estilo.html